29 abr
2013
Conteúdo Saudável: alimentação esportiva
   Por: Ste Costa

Tenho uma super notícia para começar essa semana! ♥ ♥ ♥

O Conteúdo Fútil acaba de ganhar uma colaboradora que, além de ser um amor de pessoa e super meiga, vai nos ajudar na busca diária de uma vida mais saudável através da alimentação. É a nutricionista Thaisa Luz que quinzenalmente nos dará dicas valiosas sobre como comer direitinho. O primeiro post, sobre alimentação para auxiliar na prática de exercícios físicos, foi sugerido por mim e vou adorar tirar as dúvidas que pairam na minha cabeça! Espero que vocês também! Vamos lá?

Que a alimentação e a atividade física tem estado cada vez mais próximas, isso muita gente sabe! Elas andam juntas, como irmãs, quando se quer: emagrecer, manter o peso ideal, aumentar o desempenho corpóreo, desenvolver músculos, aumentar o condicionamento em academia, entre outros. Cada vez mais, as pessoas, principalmente os jovens, vêm se preocupando em chegar rapidamente no seu objetivo, sem pensar se isso pode ou não acarretar problemas à saúde.

Nossa primeira conversa, então, será sobre a alimentação adequada em momentos de: pré-treino e pós-treino para desportistas ou atletas.

 

A alimentação é indicada antes do treino para obter melhor rendimento durante a atividade, e após, para garantir que o organismo se recupere do esforço realizado. Então aqui vão dicas de como realizar a alimentação de forma ideal pra atingir os objetivos de emagrecer (diminuir massa gorda) ou hipertrofiar (aumentar massa magra ou massa muscular).

- O carboidrato tem como função fornecer energia para o corpo sendo o principal combustível para o cérebro. Com isso, uma refeição pré-treino, de 40 minutos antes, deve conter carboidratos de médio ou difícil digestão (como frutas, torradas integral, iogurte desnatado, barras de cereais – carne vermelha ou branca magra acompanhada de purê de batata ou arroz) para que a glicose atue e possa entrar lentamente no processo do metabolismo, durando o treino todo.

- Durante o treino, só é necessário que tenha a ingestão de algum alimento quando o mesmo for acima de 1h e 30min (mais comum para atletas). Nesse caso as bebidas hidroeletrolíticas, como Gatorade, conseguem repor a energia necessária para continuar a atividade. No entanto, existe uma bebida natural, que desempenha perfeitamente esse papel: água de coco. Essas bebidas são mais indicadas a quem desejar ganhar massa muscular. Antes desse período, a água natural faz a hidratação do organismo adequadamente.

- A refeição pós-treino, preocupa-se em repor energia, hidratar e reconstruir massa muscular. A proteína entra como a principal responsável nesse processo de reconstrução, devido à síntese dos músculos ser maior após o exercício físico e não durante como muitas pessoas pensam. Então, quando o objetivo é hipertrofiar, pode-se consumir após o treino carboidratos de fácil digestão (sucos, bolachas salgadas, pão, geléia – salada, arroz) para que entrem logo na corrente sanguínea e proteína (carnes magras); quando o objetivo é emagrecer é indicado que haja o consumo de proteína até 30 minutos após o treino (os suplementos alimentares podem ser usados nesse momento), e, só depois de 1 hora, inserir o carboidrato a uma refeição preferindo os de difícil digestão, como os alimentos que tem fibras.

 

A alimentação feita de forma correta antes de iniciar o treino, é necessária para que preserve a massa muscular, o metabolismo não diminua, e os nutrientes sejam utilizados como a energia que se precisa até o final do treino.

É por essas e outras, que não se consegue fazer as duas coisas ao mesmo tempo (hipertrofiar e emagrecer) de forma satisfatória.

Sendo assim, para recomendar a alimentação é interessante saber a intensidade e o tempo do exercício, pois cada indivíduo tem a sua necessidade e o Nutricionista é o profissional mais capacitado para isso.

Gostou? Deixe um recadinho!

1 comentário em “Conteúdo Saudável: alimentação esportiva

Powered by Facebook Comments



  1. Ana Maria Pereira de Faria

    Que tal uma dieta cheia de dicas para as mulheres ativas na vida, mas já na menopausa.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>